Toxina Botulínica

A toxina botulínica é uma substância purificada que bloqueia a liberação de acetilcolina nos músculos, dificultando sua contração. Sua ação não ocorre imediatamente. Os primeiros efeitos são visíveis após 48 horas. A duração varia dependendo da força dos músculos. Em geral, costuma ser de 3 a 6 meses. 

Seu uso terapêutico tem como meta a redução da dor nos pacientes com bruxismo, DTM e cefaleia. Além disso, é utilizado para corrigir a exposição gengival excessiva (sorriso gengival), conferindo uma harmonia do sorriso.

gengival pre.png

A toxina botulínica promove um relaxamento do lábio, corrigindo a exposição gengival excessiva.

gengival pos.png

No bruxismo há hiperatividade do masseter, que é o músculo mais forte do organismo. Esse músculo perde sua força com a toxina botulínica. O paciente não range os dentes com o mesmo vigor de antes, protegendo assim sua articulação. A toxina botulínica juntamente com a placa constituem o tratamento desta condição.

Toxina botulínica é uma ferramenta coadjuvante no tratamento do bruxismo

Botox.png

Além disso, também é utilizada em alguns pontos faciais, amenizando por exemplo marcas de expressão, com o intuito de garantir uma harmonia da região orofacial.

Entre suas vantagens, trata-se de uma intervenção com efeitos rápidos e sua utilização é bastante segura.